Tríptico na mesa de cabeceira do Metro

Na mesa de cabeceira dos jornalistas do Metro está Tríptico, o intenso thriller da autora bestseller internacional, Karen Slaughter.

«Três pessoas com segredos perturbadores. Um assassino sem nada a perder. Quando Michael Ormewood, detetive da Polícia de Atlanta, é chamado à cena de um homicídio num bairro social, depara-se com uma das mortes mais brutais de toda a sua carreira: o corpo de Aleesha Monroe jaz nas escadas de um prédio, numa poça formada pelo seu próprio sangue e horrivelmente mutilado.

Enquanto incidente isolado, este já seria um crime chocante. Mas quando se torna evidente que é apenas o mais recente de uma série de ataques violentos, o Georgia Bureau of Investigation é chamado a intervir — e Michael vê-se obrigado a trabalhar com o agente especial Will Trent, com quem antipatiza de imediato.

Vinte e quatro horas mais tarde, a violência a que Michael assiste todos os dias explode nas traseiras da sua própria casa. Percebe-se, então, que talvez o mistério da morte de Aleesha Monroe esteja indissoluvelmente ligado a um passado que se recusa a ficar esquecido….»

Se ainda não teve oportunidade de ler Tríptico, uma obra com tradução do escritor português Pedro Garcia Rosado, a Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para vício imediato, aqui.

Tríptico

A Activa recomenda a leitura do romance “O Juramento da Rainha”


Activa recomenda, na edição de dezembro já em banca, a leitura d’O Juramento da Rainha, um romance histórico sobre Isabel, a Católica, do autor bestseller W. C. Gortner.

«Esta é a grande Isabel, a Católica, e a história do princípio do seu reinado com Fernando. Os “reis católicos” defrontam-se com uma “Espanha” pobre e um trono em risco, e o romance vai preencher muitas noites de inverno com um belo regresso ao passado.» – Activa.

Se ainda não teve oportunidade de ler O Juramento da Rainhaa Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

O Juramento da Rainha

 

A Lux Woman recomenda: “D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia”


 
A revista Lux Woman também se deixou encantar pela história de vida de D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia, tão bem retratada no romance escrito por Maria João Fialho Gouveia.

Trata-se de um romance apaixonante inspirado numa cuidada investigação histórica, que nos dá a conhecer a vida de uma invulgar princesa portuguesa, que viveu uma longa e ousada história de amor o homem da sua vida, o filho do rei de França.

Apaixonados e comungando de um ardor pela liberdade, os príncipes de Joinville entregaram-se a uma vida de boémia, numa Paris que fervilhava de arte, cultura e conhecimento, privando com intelectuais e artistas pelos Grands Boulevards e pelas salas de espetáculos. Apesar das intrigas cortesãs, que atribuíam amantes à princesa e romances ao seu consorte, e da queda da monarquia francesa, que obrigou os príncipes a um exílio forçado em Inglaterra, o casal de príncipes nunca se separou, e viveu um amor puro e cúmplice até ao fim dos seus dias.

Se ainda não teve oportunidade de ler D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia, a Topseller disponibiliza os primeiros capítulos para leitura imediata, aqui.

131201 Lux Woman - D Francisca de Bragança

“Liberta-me” sugerido e destacado pelo Diário de Aveiro e pelo Correio do Minho


Liberta-me. A história de uma paixão obsessiva entre um homem que não conhece a palavra «não», e de uma mulher que sabe dizer «sim», num tom excitante e com todos os detalhes.

Um romance intenso, sugerido e destacado pelo Diário de Aveiro e pelo Correio do Minho.

131109 Diário de aveiro - Liberta-me 131110 Correio do Minho - Liberta-me

A Nova Gente recomenda: “D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia”


 A revista Nova Gente também se deixou encantar pela história de vida de D. Francisca de Bragança: A Princesa Boémia, tão bem retratada no romance escrito por Maria João Fialho Gouveia.

Trata-se de um romance apaixonante inspirado numa cuidada investigação histórica, que nos dá a conhecer a vida de uma invulgar princesa portuguesa, que viveu uma longa e ousada história de amor o homem da sua vida, o filho do rei de França.

Apaixonados e comungando de um ardor pela liberdade, os príncipes de Joinville entregaram-se a uma vida de boémia, numa Paris que fervilhava de arte, cultura e conhecimento, privando com intelectuais e artistas pelos Grands Boulevards e pelas salas de espetáculos. Apesar das intrigas cortesãs, que atribuíam amantes à princesa e romances ao seu consorte, e da queda da monarquia francesa, que obrigou os príncipes a um exílio forçado em Inglaterra, o casal de príncipes nunca se separou, e viveu um amor puro e cúmplice até ao fim dos seus dias.

131118 Nova Gente - D. Francisca de Bragança

Este é, também, um livro recomendado por Marcelo Rebelo de Sousa. Se ainda não teve oportunidade de ler este maravilhoso romance histórico, a Topseller disponibiliza os primeiros capítulos gratuitamente, aqui.

photo 1